Notícia

27/07/2017

Agrinho e PROSOLO juntos

Neste ano, a participação é destinada exclusivamente a colégios agrícolas e escolas de ensino fundamental das cidades de Cambará (Norte Pioneiro), Castro (Campos Gerais), Lapa (Região Metropolitana de Curitiba), Palotina (Oeste), Ponta Grossa (Campos Gerais) e Umuarama (Noroeste).

O Paraná sempre esteve na vanguarda entre os estados brasileiros em ações conservacionistas. Mas com o retorno de processos erosivos no Paraná, formulou-se um conjunto de ações estruturais para retomar o processo de boas práticas na conservação do solo e água – o Prosolo. A iniciativa de trazer ao debate essa temática dentro do projeto Agrinho – que já ocorre há 22 anos –, em uma modalidade separada, tem como objetivo sensibilizar os estudantes do ensino fundamental ao programa, enquanto serve de suporte ao produtor rural com ações de treinamento e pesquisa.

A primeira fase do Agrinho Solos, que promove essa sinergia com o Prosolo, teve palestras para capacitar professores e alunos de colégios agrícolas para serem disseminadores do tema. Esses encontros foram realizados entre o fim de maio e o início de junho. Durante esse período, foram escolhidos alunos do 3.º ano de colégios agrícolas, que participaram ao longo de junho de cursos sobre manejo de solos dentro das próprias instituições de ensino.

Fonte: Boletim Informativo FAEP/SENAR

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.